FLAIRA FERRO: A FÚRIA DA MPB | Playlist

sexta-feira, 24 de julho de 2020

imagem: Google/ Matheus Mello

Nascida em Recife na época do carnaval, Flaira ingressou na vida artística aos seis anos de idade através da dança. Formada em Comunicação Social, Flaira é cantora, compositora e dançarina. Escancaradamente apaixonada pelo seu estado, Flaira diz isso não só em entrevistas, mas também em suas canções, exaltando ritmos, estado, como o frevo e o maracatu. As canções de Flaira falam também sobre o sagrado feminino e liberdade, e a materialização disso é a canção “coisa mais bonita”, que no clipe mostra mulheres se masturbando, e que depois de lançado sofreu grandes represálias e foi retirado do Youtube. O vídeo retornou, com restrição de idade, graças a fãs e pessoas sensíveis à causa. Essa música nos mostra a importância de ser mulher, de refletir sobre a importância de se apropriar do prazer feminino.


A primeira vez que escutei Flaira fazem uns dois anos, a canção era "Me curar de mim" do álbum "Cordões umbilicais", e acredite é minha favorita até hoje. Essa canção é uma espécie de oração, e a partir do repensar seu interior, Flaira nos faz pensar no nosso. 

Interior. Sombra. Cura. Mantra.

Flaira chama atenção pelas composições, pelo sotaque lindíssimo,  por ter uma força interior que é emanada nas suas canções. Definitivamente uma fúria.

Comments