Destaques

Receba nosso conteúdo por e-mail ♥

segunda-feira, 28 de dezembro de 2015

Faking it | Viciada em séries


Oi gente, tudo bem? Faz algum tempo que eu não comento sobre séries aqui com vocês, então decidi falar de uma das minhas séries queridinhas dos últimos tempos Faking it. 

Provavelmente vocês já devem ter ouvido falar é uma série LGBT, fiquei bastante interessada porque nunca tinha vestido nenhum seriado, claro que já assisti alguns que tem casos paralelos sobre o assunto, mas nenhum como temática central. Desenvolvi uma sinopse,  fiz alguns comentários sobre e espero que vocês gostem e se interessem em assistir.


Sinopse: Emy (Rita Volk) tem uma melhor amiga, à Karma (Katie Stevens, de American Idol) que fazem tudo juntas, elas são invisíveis na escola. Até que um dia Karma decide propor que ela e a amiga, finjam ser um casal para chamar atenção da galera da escola. Em meio a confusões, descobrimentos e muitas risadas. Elas duas vão se meter numa enorme confusão, não só por fingirem ser lésbicas, mas talvez alguém não esteja mentindo nessa relação e tenha sentimentos verdadeiros sendo expostos ao outro. no meio disso tudo surge um cara, sempre tem né? É o Liam Booker (Gregg Sulkin) ele vai embarcar nessa confusão junto com as duas garotas e o seu melhor amigo Shane (Michael Willet). Para saber mais assista Faking it, uma série da MTV.


A série também se passa no High School americano, assim como Awkward ambas da mesma emissora. 

Estreando em 22 de abril de 2014, chegando no Brasil em 2015 apenas, mas já conquistou milhares de fãs pelo mundo. Dei boas risadas com a série, viciei boa parte dos meus amigos nela. É o ideal para você que está procurando ver algo legal e divertido nessas férias. Atualmente a série foi renovada e sua terceira temporada está sendo gravada, ainda não tem previsão de estréia nos Estados Unidos. 

Já assistiram Faking it? Me contem nos comentários.

domingo, 27 de dezembro de 2015

Estante: Como eu era antes de você.


Oi gente, tudo bem? Então a resenha de hoje é do livro da Jojo Moyes Como eu era antes de você, eu amei o livro e espero que vocês gostem da resenha.

Nome: Como eu era antes de você.
Autora: Jojo Moyes.
Editora: Intrínseca 
Onde encontrar: Cultura | Saraiva | Submarino 
Classificação:



Sinopse: Sem muitas ambições e sem se preocupar com o futuro Louisa segue sua vida normalmente, até ser demitida do emprego de anos. Após semanas procurando um novo emprego, ela vai cuidar de um rapaz tetraplégico. Amargo, sem vida e bastante hostil, esse tem sido Will depois do acidente, o que ele não esperava era que as vezes o destino pode surpreender e mudar sua vida drasticamente, mas nem sempre é capaz de mudar o rumo de algumas coisas.   


Estou lhe dando isso porque poucas coisas ainda me fazem feliz, e você é uma delas.

Esse livro com toda certeza, foi o meu favorito de 2015. Uma história de amor e perda. Tenho lido muitos romances, mas nenhum como este, os outros costumam ter um final clichê e não um desfecho arrebatador e de cortar o coração.

É bem claro na narrativa e no texto da autora que ela gosta de evidenciar o amadurecimento de seus personagens, o que deu ao livro um toque especial. Era como se alguém tivesse narrando uma história que aconteceu com algum amigo.


Às vezes, Clark, você é a única coisa que me dá vontade de levantar da cama.

Costumo dizer que aprendemos muito com os livros que lemos, com esse eu aprendi que as vezes somos um tanto egoístas com as nossas escolhas. E ele fez com minha cabeça não parasse de pensar por duas horas seguidas, chorei na frente de algumas pessoas num hospital quando terminava esse livro. Provavelmente me acharam uma maluca, mas é isso que uma bela história faz, toca o coração e nos faz ter os sentimentos mais contraditórios possíveis, pois minutos atrás eu estava encantada com o que havia lido, depois estava me debulhando em lágrimas um final como aquele.

Mas você não precisa deixar que aquela noite seja aquilo que define quem você é.

O melhor de tudo foi saber que depois de tantos pedidos de fãs, a autora escreveu um livro de continuação, Me before you traduzido para: Depois de você, o livro está em pré-venda e eu não vejo a hora de correr para uma livraria e compra-ló. Sua capa foi divulgada recentemente pela editora:



Sobre a narrativa aconchegante e apaixonante da Jojo Moyes o livro se tronou o meu favorito desse ano, desde suspiros e até mesmo as lágrimas. Uma história de perda, amor e muito aprendizado. Já leram Como eu era antes de você? Me contem nos comentários. 

sábado, 26 de dezembro de 2015

O que eu mais gostei de ver por ai esse ano: 5 canais e blogs.

Acompanhei muita gente legal esse ano, então achei legal fazer um post para vocês com os mais legais e fazer com que vocês conheçam blogs e novos canais no youtube.










Karol Pinheiro: Acredito que a maioria de vocês conhece ela né? Esse ano o canal dela foi um dos mais vistos por mim. Os vídeos de intercâmbio dela me fizeram ter mais vontade de sair por ai e conhecer o mundo. Um dos último vídeos foi uma entrevista que ela fez com um casal que viaja o mundo, da um baita vontade de enfiar as roupas numa mala e sair por ai conhecendo o mundo. Adoro acompanhar blogueiras de moda e beleza, o blog já abordou isso há alguns anos atrás e karol é uma das referências de moda.






Roberta Vicente: Eu já falei da beta aqui num blog, 3 booktubers que você precisa conhecer, porém abeta não fala mais livros o canal dela e ela voltou apostar no seu blog ♥ Ela tem falado muito de comportamento e tem escrito textos muito lindos no blog e que valem a pena conferir. Se você quer conhecer alguém fofo, engraçado e que te traga muita paz, veja os vídeos dela. Conheci o canal da beta através de uma dica da Pam, outra booktuber :)







Bruna Vieira: Não é segredo pra ninguém que umas das minhas maiores inspirações da internet é a Bru. Eu adoro os vídeos dela, as viagens quando ela conta como é conhecer outro lugar no mundo. Além de ter lido quase todos os livros e também já tive o prazer de encontra-lá duas vezes, tem post das resenhas de dos livros dela aqui se quiser conferir, é só clicar aqui resenhas e também do dia que a conheci, clicando aqui.









Iris Figueiredo: Conheci a autora na bienal de pernambuco e comentei que numa tarde tinha visto todos os seus vídeos no canal do youtube. Um amor de pessoa e muito simpática, excelente escritora e também da dicas no seu canal do youtube para quem ser autor e também responde tags e faz vídeo sobre seus lidos do mês. A resenha do primeiro volume de Confissões online que eu fiz no blog, está aqui.  





Isabele Nascimento: Eu amo o blog, acho que um dos que eu mais acessei esse ano. O blog dela se chama botas batidas é uma fofura, tem tutorias super bacanas e post muitos inspiradores, esses dias estava com um bloqueio criativo bem chatinho e resolvi ir dar uma olhada no blog e ela fez um post que me ajudou muito e deu um belo chega pra lá no meu bloqueio.
                                                                        Blog


Quais foram os melhores blogs e canais de 2015 de vocês? Me contem nos comentários!

sexta-feira, 25 de dezembro de 2015

Estante: Minha vida fora de série 1ª temporada :)

Oi gente, tudo bem? A resenha de hoje é o livro da série Minha Vida fora de série da Paula Pimenta. Este livro é a história de uma das personagens de Fazendo meu filme, também já resenhado no blog.

Nome: Minha vida fora de série.
Autora: Paula Pimenta.
Editora: Gutenberg.
Páginas: 405 páginas.
Classificação: 



Sinopse: Morar numa cidade diferente onde não se conhece ninguém, é difícil. A Priscila vai largar seus bichos e as amigas em SP para ir a Belo Horizonte com sua mãe. O que ela não sabe é que o destino, vai lhe dar bons amigos, alguns animais e até mesmo mitas confusões, talvez largar tudo e recomeçar em lugar diferente pode nem ser tão ruim assim não é mesmo? Com os mesmo personagens de fazendo meu filme, mas narrando a vida a Priscila, Paula Pimenta conta uma história que provavelmente viraria um roteiro de uma série.


Mas ele foi embora sem nem olhar pra trás, pisando meu coração que eu tinha deixado aos pés dele.

Nesse livro a autora pega a Priscila uma personagem bem secundária de Fazendo meu filme e conta a história dela. A Pri acabou se mudar de São Paulo para Belo horizonte e de início ela detesta a ideia, largar os amigos, mudar de escola e se adaptar ao novo local. 

Não tão mortais quanto os pulos que meu coração está dando em meu peito.

Ela vai descobrir um novo hobby, conhecer gente legal, fazer amigos e alguém vai balançar seu coração. Mas ás vezes a mente pode nos enganar, só o coração mostra quem a gente gosta de verdade. Realmente amei essa ideia da Paula de resgar a personagem e contar a história dela, os livros são ótimos e me fizeram ter saudade do Leo e da fani, eles vão ser meu casal literário favorito sempre.

Assim como a outra série, esse livro tem no inicio de cada capítulo uma frase de série diferente.


Ao contrário da Fani, a Pri é bem desinibida e apesar de ser nova na cidade, com ajuda da sua prima Marina vai se adaptar logo. E também vai se meter em muita confusão e claro conquistar o coração de um garoto que é tipo aquele quetinho da escola que ninguém repara, mas tem uma personalidade maravilhosa e é um amigo maravilhoso.

Senti o meu coração disparar e foi então que notei. Ele tinha estrelas nos olhos. E a lua crescente no sorriso...

Um coisa muito legal é que um dos personagem é poeta e músico, uma das coisas mais legais dos livros são os poemas dele, fiquei admirada com tanto amor nas suas palavras. Este é um livro bem adolescente, vocês sabem que eu amo a Paula e sou apaixonada pela sua escrita, mas caso você não curta essa pegada de livros, talvez não seja uma boa. 

Venham participar da série da Pri e quem saber ser um do seus personagens favoritos, Já leram Minha vida fora de série? Me contem nos comentários1 :) 

Escritos: Já é dia 25 outra vez.


Leia ouvindo: Kiss Me - Ed Sheeran
Querido Scot,

Hoje é natal daqui a pouco dias o ano acaba e ainda me pego pensando em nós. A magia do natal, me trouxe ma imensa saudade de você. Eu sei, estais do outro lado do mundo, mas isso não me impede de sentir sua falta amor. Lembro que no ano passado, juntamos a nossas famílias e fizemos uma grande festa, sei que está estudando para se tornar um grande médico, tenho certeza que ainda vou te ver salvar muitas vidas. Mas hoje nesse dia 25, só queria te ter aqui comigo, abraçar e dizer o quão especial tu és pra mim.

A família inteira está na sala, montaram uma grande mesa seus pais vieram e sua irmã também. Todos comemorando essa noite linda e de lua cheia do dia 25, eu sei que essa é sua época do ano favorita, pois você adora comer e depois conversar abraçados no sofá e lembrar das coisas que boas que esse te trouxe, só as boas pois como você mesmo diz: "As ruins o vento leva". 

A campainha tocou, mas eu nem fui atender, devem ser só os meus tios atrasados como sempre. Minha mãe me chamou tem uns cinco minutos, mas eu não queria me despedir de você querido, estou com muitas saudades pra dizer adeus agora. 

Escuto uma voz familiar me chamando, me viro e vejo você com os mesmos cabelos bagunçado, o sorriso pelo qual eu me apaixonei há três anos atrás e sua covinha esquerda que quase salta com ele. Até que você quebra o silêncio entre nós:

- Não vai me dar um abraço?

Corro e te abraço, fico assim por alguns segundos. Tentava pensar em algo bonito pra dizer, mas não foi preciso. Alguns momentos temos apenas que aproveitar e guardar cada resquício dele na memória e carregar conosco por ai. Nesse natal aproveitam a companhia de quem vocês amam e guardem esse momento com vocês. Às vezes perdemos tanto tempo nos lamentando da vida que esquecemos de aproveitar. 

Tenham um bom natal leitores, um beijo! ♥

*P.S. essa é uma carta fictícia, criada por mim.

terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Escritos: Stay Strong




Acho que a única coisa que posso fazer é me manter forte.

    Acho que nunca ninguém conseguiu me notar. Não, ninguém conseguiu notar o quanto eu me apego nos nossos primeiros momentos do que pode ser um dia uma amizade. Importo-me, dou carinho, atenção e sou bastante observador até, pois não consigo deixar escapar um resquício dos atos e ações que me deixe mais ligado aquele indivíduo. E mesmo assim não espero nada em troca. Não mesmo.

    Estar do seu lado, ou do seu lado, ou do seu! Melhor, de todos vocês, é uma das coisas que me deixa mais feliz. Sinto-me bem, acolhido e em meu mundo, porque falamos a mesma língua. Esse mundo é construído por quase as mesmas formulas. Sonhos que para conservadores é arriscado demais, gostos parecidos, liberta-se de opressões e ser feliz antes de mais nada.

Há... Quem disse que tudo isso é suficiente? — Mas tento me manter forte.

    Nem todos sabem que já identifico as formas que os músculos de seu rosto irão reagir quando está prestes á receber uma notícia boa, ruim ou mais ou menos.

    Nem todos sabem que já sei sua opinião apenas lendo as expressões corporais, tendo um veredito que nunca falha.

    Nem todos sabem que seu seus gostos, suas poses preferidas nas fotos que posta, seus risos e o que te faz verdadeiramente rir.

    Nem todos sabem que eu sei as manias, as vergonhas, o que quer dizer de verdade como que sai de você e que eu passei a falar seus bordões depois de ter escutado apenas uma vez.

    Talvez todos eles não saibam nada disse sobre mim. O.K.! Mais o pior é não valorizar um terço do que já fiz. E não sinto vontade de parar, mesmo me machucando. Se eu fizer diferente não serei eu.
Em troca, tento me manter forte — Strong.

    Sabe, por muitas vezes posso parecer longe, disperso, mas não estou. O tempo não ajuda em nada, verdade, mas cansa ser sempre o primeiro a dizer “oi”. Adoro abraços, principalmente os verdadeiros, mas sabemos que nem sempre isso é possível. Ficar calado ou fingir que não somos amigos até o próximo encontro não ajuda em muita coisa. Aliás, a amizade é para nós, e não para os outros.


Talvez isso não mude, talvez eu me canse um dia. Por enquanto continuarei em meu trabalho de “se manter forte”. — Stay Strong

Maratobooks: Maratona em parceria com a @Tatibooks


Em parceria com o @tatibooks, foi criada uma maratona para as férias de Janeiro. A Maratobooks terá 8 desafios e no final de cada semana faremos um sorteio com as pessoas que completaram pelo menos um dos dois desafios daquela semana. No final de Janeiro faremos um sorteio com quem completou todos os desafios,
❄1 Semana - - Terminar um livro que abandonou.
- Começar ou terminar uma série ( Duologia, Trilogia ou Série).
❄2 Semana - - Ler um livro que está a muito tempo na estante.
- Ler um livro de contos ou crônicas.
❄3 Semana -
- Ler um livro nacional.
- Ler um livro que tenha adaptação cinematográfica e ver sua adaptação.
❄4 Semana - - Reler um livro que você gostou.
- Ler um livro interativo ou que tenha figuras.

Toda vez que completarem um desafio, postem foto do livro com‪ #‎maratobooks‬, estaremos sempre vendo e comentando as fotos, para se inscreverem basta comentar "Estou Participando" na foto oficial do @tatibooks ou @escritos e livros. As inscrições começam hoje ( 12/12 ) e terminam ( 30/12 ). Boa sorte a todos e uma ótima maratona ❄📖
Para participar comente nesse post "estou participando" ou entre no instagram do Escritos & Livros. e comente nesse link:https://www.instagram.com/p/_M4mmpNc12/

E não se esqueçam de confirmar presença no evento do facebook: https://www.facebook.com/events/570317723120204/

domingo, 20 de dezembro de 2015

Escritos: Ressaca de saudade.

Leia ouvindo: Zimbra - Já sei.

Acordei hoje as seis,
desejando ter você de vez. 
Dai lembrei que hoje é fim do mês,
E que você se foi e o nosso laço de desfez.

Ressacada de saudade,
Eu te escrevia pequenos versos.
Tentava descobrir como em tão pouco tempo,
roubou meu coração. 
Tarefa mal sucedida,
Pois nem eu mesma sei 
quando me enfiei nessa doce ilusão.

Chegou fez sala, fingiu que queria algo. 
E meu coração de mim arrancou,
fez um grande estardalhaço. 

Amuada com o coração dilacerado,
tentava entender aquele teus beijos e abraços. 
Que de longe pareciam tão reais,
fui tão tola ao pensar que eles eram saudosos.

Tu nunca daria ponto sem nó
E de mim você se desfez sem dó.

Escritos: Não é o nosso último romance.



Cara, ouvi aquela música ontem e cara bateu uma saudade de nós. Pensei em te escrever, dizer só um "oi", Porém é martírio demais ficar conversando com você e lembrar instantaneamente que não somos mais nada. Quando foi que nos desconhecemos? Ontem ou já faz um mês?

Queria poder apagar um poucos os vestígios que ficaram de você, mas me pego lendo as coisas que te escrevia, olhando as fotos de quando nos conhecemos, lendo as nossas conversar mais uma vez.

Ontem eu saí e era como se tivesse você estampado em todas as paredes de onde passei, tudo me lembrava nós, as pessoas, os lugares e as músicas do aleatório o meu celular. É difícil escrever isto pra te dizer adeus, parecia mais uma carta de saudades onde eu pedia que você ficasse, mas eu cansei de tentar e me magoar.

Uma pena tudo ter sido jogado fora assim, tão fácil. Achei que fosse insistir mais um pouco e ficar. Contudo é esse não é o nosso último romance, E as vezes, a gente não pode insistir em ficar.

sábado, 19 de dezembro de 2015

Estante: Um ano inesquecível.

Oi gente, tudo bem? A resenha de hoje é do livro mais queridinho desse ano. Um ano inesquecível, foi um dos mais vendidos que permaneceu por semanas na lista da Veja. Contando com quatro contos das mais famosas autoras no momento, o livro contém contos sobre as estações do ano.


Nome: Um ano inesquecível.
Autoras: Babi Dewet, Bruna Vieira, Paula Pimenta e Thalita Rebouças.
Páginas: 397 páginas.
Editora: Gutenberg.
Classificação: 

Sinopse: Uma história de amor, música, um pouco de verão, uma pitada de outono e um pouco de neve. Quatro contos narrados por autoras diferentes, em estações do ano diferentes. O Inverno pode trazer muitas surpresas a Mabel, amor e neve talvez podem ter virado sinônimos. O Outono é sempre igual as folhas caem no quintal, como diria Sandy & Júnior. Ana Júlia vai descobrir que a música move pessoas e apaixona outras. E como diria Ed Sheeran: People fall in love in mysterious ways. A Ana Júlia vai descobrir que amor e música andam sempre juntos. Na primavera as flores florescem mais bonitas, algumas pessoas acreditam que florescem assim graças ao amor. Mudar é preciso, A Jasmine vai mudar o rumo do destino, e descobrir que a vida acontece entre um e outro episódio da sua série favorita. O verão traz consigo o carnaval, amores de carnaval nem sempre tem o mesmo destino no final. Um dia de folia, é o suficiente pra descompassar a o coração da Inha. Contrariando os amores carnavalescos, esse vai durar mais que 4 dias.
"Sinto te avisar, mas isso tudo é da boca pra fora...Isso só vai durar enquanto a neve cair."


Os quatro contos são ótimos e lhe darão um leitura agradável, bem leve e engraçada. O primeiro é escrito pela Paula, se passa no inverno e a personagem principal é a Mabel. Uma viagem com os amigos ou com a família? A maioria dos adolescentes escolheriam os amigos sem pensar duas vezes. A Mabel não tem escolha,  tem que viajar com seus pais pro Chile. O que ela não esperava é que a neve e amor fossem sinônimos, essa viagem lhe renderá boas reflexões e talvez um novo amor. 
"Tenho a intenção de passar todos os invernos junto com a Mabel. E, sempre que possível, as outras estações do ano também."

No conto de Outono Babi me fez ser mais apaixonada ainda pelo que ela escreve, citando o meu amado Ed Sheeran. A Ana Júlia é uma garota bem reservada e que não gosta de música, vai descobrir as boas sensações que a música traz e desvendar alguns mistérios que ela mesma não sabia que tinha. Com um pouco de boa música e um cantando Los hermanos, pode até parece clichê, mas um coraçãozinho vai se amolecer mesmo odiando a música. Eu já li outras história da Babi, mas confesso que estava com saudade de ler um pouco mais da autora.
"Ainda de olhos fechados, deu tudo de si para mostrar às pessoas que a música poderia ser assim: um retrato do que diz o coração."

Na primavera os sentimentos florescem, as coisas mudam de rumo e com a Jasmine não vai ser diferente. Matemática é sempre um problema pra muitas pessoas, ela está no terceiro ano e está quase repetindo por causa de matéria. Seu professor de matemática lhe indica um professor particular, porém os número de colocados de maneira certa, podem não só fazer um calculo estar certo. Entre um e outro episódio da sua série favorita, a vida acontece e talvez não é preciso ir pra hogwarts encontrar magia, só um novo amor. 
"O amor é como um jogo que você entra sabendo que vai perder, mas ainda assim é divertido tentar, só pra ter certeza."

O verão traz o carnaval consigo, quatro dias de folia ao lado das amigas pode ser incrível. Os amores de carnaval são os mais intensos, porém os menos duradouros. A Inha vai conhecer um cara que vai descompassar seu coração mais que bateria de uma escola de samba, porém alguns conflitos mal resolvidos e a vida pessoal desse rapaz podem atrapalhar o romance. Este foi o conto que eu menos gostei, eu amo a escrita da autora. Mas o enredo em si, me pareceu meio forçado, talvez seja só impressão minha, contudo a história não me convenceu. 

"Nunca mais me aproximaria, já que agora sabia que amar era sinônimo de sofrimento."

Dei 4 estrelas ao livro por esse conto, Espero que tenham gostado a resenha. Já leram Um ano inesquecível? Me contem nos comentários!  

segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

#LeiaUmNacional: Luly Trigo ♥

O post de hoje é especial, uma das minhas autoras favoritas que eu tive o prazer de conhecer esse ano na Bienal de Pernambuco. A Luly trigo deu entrevista pro projeto do blog, confesso que quando mandei o e-mail fiquei com um enorme receio de ser ignorada, mas quando ela me respondeu eu estava no colégio e sai pulando de alegria pela sala, enfim espero que curtam saber um pouco mais dela, Luiza é uma pessoa incrível daquelas que todo mundo devia conhecer e admirar. 




PROJETO LEIA UM NACIONAL – ENTREVISTANDO ESCRITORES NACIONAIS.

1º Por que decidiu se tornar escritor? 
Eu não decidi nada, a vida que decidiu por mim. Quando vi, tinha um livro 
inteiro escrito. No início eu fiquei um pouco perdida tentando entender o que era aquilo que havia feito. (Hehe) Será que isso é um livro? Resolvi arriscar e quando vi estava assinando contrato com a Rocco e de repente os leitores estavam amando. Daí eu comecei a me perguntar: será que eu vou viver escrevendo? Quando eu me descobri escritora, decidi correr atrás dessa vida, mas isso foi depois de ter um livro publicado, acredita?

2º Qual sua maior inspiração para escrever?
Música, seriados, filmes, livros e Jane Austen.

3º Já teve uma fase de bloqueio criativo? Se sim como foi que consegui sair dela?
Ano passado mesmo, antes de começar a escrever “Na Porta Ao Lado”. Tentei começar o livro da Priscila, que é uma das meninas de “Meus 15 Anos”, mas deu branco, não consegui seguir em frente. Tive que jogar tudo fora, parei a escrita durante 3 semanas e depois voltei com uma história nova. Isso acontece, acho que a minha regra é não forçar.

4º Você acredita que as pessoas estão se tornando leitores mais cedo hoje devido ao mercado literário estar bem variado?
Com certeza e dentro dos estilos literários temos muito mais opções, muito mais autores, muito mais livros. Na minha pré-adolescência, não havia tantas e eu sofri um bocado com isso. Hehe Hoje você pode procurar o livro do assunto que você quiser que vai encontrar e isso é mágico. Assim fica difícil não ler, né?!

5º Qual seu escritor favorito e por quê?
JK Rowling, porque Harry Potter é vida, né?! E também Jane Austen, porque os romances dela são maravilhosos, atemporais e me fazem sentir aquele friozinho delicioso na barriga.

6º Gosta de produzir ouvindo música? Se sim quais?
Depende muito do livro. Cada um tem uma trilha diferente. Na Porta Ao Lado foi escrito ao som de Arctic Monkeys e SIA.

7º Hoje em dia os jovens vem cada vez mais devorando livros e mais livros, No futuro acredita que boa parte da nossa sociedade vai adotar o hábito da leitura com mais facilidade?
POR FAVOR! Hehehe Acho que sim. Como disse antes, cada vez temos mais variedade de livros, será difícil esse povo não achar algo que eles não gostem. :P (Assim espero).
8º Qual sua relação com seus leitores?
Ah! <3 Puro amor. Eles são uma família para mim. Fico com saudade quando não os vejo, então converso com eles o tempo todo pela internet. Hihihi

9º Sei como é maravilhoso para um escritor ter seu trabalho reconhecido, Como foi saber que livro seria publicado?
Um pouco surreal. Como disse na primeira pergunta, eu não tinha muita ideia do que estava acontecendo. Toda vez que um livro pronto chega aqui em casa, eu choro. Foi assim nas três vezes! Acho que a ficha ainda não caiu, sabe?

10º Faça uma lista dos seus 5 livros nacionais preferidos.
Qualquer um do Mário Quintana
Depois daquela viagem – Valéria Pollizi
Fazendo meu filme – Paula Pimenta
Feliz por nada – Martha Medeiros

Serve infantil também? 90% dos livros que eu lia quando criança eram nacionais e eu devo muito à esses livros, eles me fizeram gostar de ler e provavelmente gostar de criar histórias também. Entre os nacionais, minha verdadeira paixão era pelos livros da Mary e do Eliardo França. Eu tinha TODOS e autografados. Hehehe Eu ia sempre nas bienais e corria atrás dos dois. 


Pra finalizar uma foto com as minhas lindas companheiras de evento! Espero poder ver a Luly mais vezes por ai e muito obrigada pela entrevista ♥ 






sábado, 12 de dezembro de 2015

Estante: De volta aos sonhos, Bruna Vieira.


Oi gente, tudo bem? A resenha de hoje é segundo livro da série Meu primeiro blog. A resenha do primeiro livro está aqui. Outros posts sobre a bruna que você talvez você se interesse:
- Estante: Depois dos quinze.
#BruEmRecife: Conhecendo Bruna Vieira ♥



Nome: De volta aos sonhos.
Autora: Bruna Vieira.
Páginas: 205 páginas.
Editora: Gutenberg.
Classificação:



Sinopse: Anita acidentalmente voltar ao passado. Isso muda mais uma vez o curso das coisas e o seu futuro consequentemente. ela arruma as malas, decide o que cursar na faculdade e faz um viagem muito esclarecedora em sua vida. Porém tem um problema, o cara que ela ama virou um estrela da música e mora em outro país. Finalmente ela começa a pensar em si mesma e toma as rédias de sua própria vida e muda o destino das coisas.   


O passado serve para que a gente saiba o que fazer como o presente.

Nesse segundo livro a autora se apropria mais da história e prende o leitor numa narrativa leve, simplista e bastante prazerosa. Anita é uma personagem que está se descobrindo e desvendar um(a) personagem, é uma das coisas que eu mais aprecio numa história.



A Bruna como sempre, nós surpreende a cada livro. Esse livro tem uma ilustrações bem fofas, como playlists e mapas de determinados lugares para onde ela viaja. 

Conhecer lugares do mundo, com certeza é um experiência incrível. ainda mais do lado de que a gente gosta. Nessa viagem ela vai estar com cara dos sonhos pelo qual ela sempre foi apaixonada, mas como o destino sempre nos prega peças. Agora ele é um estrela da música e por mais que ele esteja envolvido nesse romance, sempre vão existir pessoas para atrapalhar o relacionamento dos dois.

A parte mais legal é que a Bru escreveu uma música e junto com um amigo, ela realizou um dos seus maiores sonhos que era escrever uma canção e por melodia e mostrar pro mundo.




Entre encontros, momentos felizes e confusões a Anita vai tomando as rédias da sua própria vida e mudando os rumos das coisas. Já leram De volta aos sonhos? Se sim, me conte nos comentários! 


quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

Escritos: Tudo o que não fomos.




Estava lendo um romance às 04 da manhã e por mais que história fosse cativante, foi só tocar umas música para que eu me lembrasse de você. 

"In another life, i would be your girl. We'd keep al ou promises, be us..."

A música ecoava e eu só conseguia pensar em uma coisa: E se tivéssemos dado certo? 

Será que seria um daqueles romances que você senta numa tarde de domingo depois de 30 anos para contar para sua filha mais velha tentando consolar o seu coração partido?

Como um daqueles romances que me faz escrever 8521460 textos apaixonados e depois do fim, ler todos e senti rum nostalgia gostosa e uma saudade imensa de nós de tudo aquilo que éramos pra ter sido e não fomos.

A música acabou de tocar, você se foi e eu com pesar escrevo isso como um adeus. a próxima vez que passar por mim, faça o favor de levar a saudade de você embora também, por favor.

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Playlist: Músicas que não paro de ouvir no spotify.

Oi gente, tudo bem? Faz um tempo que não falo de música aqui no blog, porém ultimamente tenho ouvido muitas músicas legais no spotify e queria compartilhar algumas delas vocês.




Caso queiram conferir a playlist o link está aqui, só listei 10, mas quase toda semana adiciono músicas novas. Conhecem alguma banda legal e queriam me apresentar? Me contem nos comentários :)

sábado, 5 de dezembro de 2015

Estante: Não se iluda, não. Isabela Freitas.



Oi gente, tudo bem? Já resenhei o primeiro livro o Não se apega, não. Esse é o segundo livro da Isabela Freitas, é uma trilogia o terceiro livro está previsto para o primeiro ou segundo semestre de 2016.

Autora: Isabela Freitas.
Editora: Intrínseca 
Páginas: 270 páginas.
Classificação:

Onde encontrar: Amazon | Cultura | Saraiva | Submarino




Sinopse: Um após o seu término com seu ex namorado. Isabela decide correr atrás de seu sonho, ser escritora. Ela cria um blog que passa a ser seu diário virtual, onde ela conta da vida, dos amigos e dos nem tão amigos e de suas aventuras amorosas. Entre show e acontecimentos de uma viagem para Costa do Sauípe na Bahia, ela tenta mais uma vez esconder os sentimentos pelo seu melhor amigo o Pedro que se tronam cada vez mais visíveis de ambas as partes. 

Durante uma viagem acontece uma avalanche de acontecimentos, mesmo tendo que conviver com sua prima odiada Nataly, Isabela não deixa de se divertir e se meter em confusão como sempre.  Ao mesmo tempo sua relação com Pedro começa a tomar um caminho diferente. Porém como a Isabela adora se meter em confusão um novo cara vai aparecer e bagunçar tudo! 



Encontros, desencontros e muita confusão. A Isabela vai descobrir e entender alguns problemas do passado, vai amadurecer e finalmente realizar um grande sonho.

Nesse segundo a livro a autora trabalha melhor a história e deixa várias dúvidas e curiosidades do próximo livro. Dei 4 estrelas pro segundo livro porque eu pereci um amadurecimento legal na escrita da Isa, tanto que eu gostei bem mais do que o primeiro livro.

Infelizmente o terceiro livro só sai no 3º semestre do ano que vem. Recentemente conversei com a autor ano lançamento daqui e ela disse que demorar seis meses para concluir o processo de escrita. Então vamos aguardar ansiosas para saber com termina essa história da Isabela.

Tem resenha dos livros no canal, clique aqui para conferir. E o post do lançamento clique aqui.

Uma leitura leve, divertida e que vai lhe render boa risadas. Já leram Não se iluda, não? me contem no comentários! 

quarta-feira, 2 de dezembro de 2015

Lançamento: Não se iluda, não - Isabela Freitas

Oi gente, tudo bem? Na última sexta-feira dia 28, conheci a linda da Isabela Freitas. Um amor de pessoa, doce de mulher e foi super atenciosa com os fãs! 




O lançamento foi incrível, revi amigos, conheci pessoas novas e o melhor ganhei um abraço dessa linda mulher! Ela me comparou com a Rihanna gente, queria eu me parecer com ela né kk

Enfim quem com as fotos do lançamento. A intrínseca como sempre arrasou no fotografo e na qualidade das fotos!



Vocês foram o lançamento na cidade de vocês? Me contem como foi e o que acharam do evento nos cometários, beijos e até o próximo post!






P.S. Algumas meninas apareceram no post porque eu fiquei apaixonada por suas fotos, espero que não se importem, beijinhos  ♥

Instagram

© Escritos & Livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in