Resiliência | Escritos

by - quinta-feira, setembro 07, 2017

foto: tumblr
Leia ouvindo: Rise - Katy Perry.

Me preparei psicologicamente por precisamente três semanas para escrever esse texto. Coloquei as melhores músicas que fazem parte do minha atual conjuntura para fluir como frases de autoajuda e inspiração. E então saiu, estou aqui. 

E quero começar dizendo que manter sua saúde mental estável, é o melhor presente que você dar a si mesmo. Permita sempre tentar usar sua fragilidade sentimental para o melhor. O melhor em si, você só vai descobrir ao passar por uma situação delicada, infelizmente. É o famoso "apanhando para aprender". 

A inspiração para esse texto, no meu caso. Tem nome, sobrenome e um
sorriso que me destrói todos os dias. A partir do momento em que eu acreditei que dependesse dele pra minha vida. E acreditei que se entregar com toda intensidade do mundo era a solução para tudo. Então, eu, idealizava que a aquela pessoa séria a que mais fosse passar momentos incríveis ao longo da minha vida.  Sim, a gente costuma acreditar bastante no "pra sempre". Parece mentira né? Mas a gente não consegue deixar isso apenas nos contos de fadas. 

Então, sabe aquele sorriso lindo que citei acima? Pois é. Ele agora sorri pra outra pessoa. Agora é o motivo de outra pessoa também sorrir. Ele não é mais meu ou talvez nunca tenha sido, mas com minha mania de acreditar que as pessoas pertencem a alguém acabo levando uma rasteira da famigerada vida mais uma vez. 

O que ganho com tudo isso? Maturidade suficiente para entender que as coisas mudam de lugar sem a gente nem perceber.

Basta um dia nascer, uma noite surgir e aquele dia nunca mais vai se repetir. Com a vida acontece a mesma coisa, a diferença é que quem escolhe se vamos viver como se fossem todos os dias o mesmo, somos nós. Eu por exemplo, achava que a dor da ausência de alguém nunca fosse passar. E me martirizei por erros que talvez não fosse tão erros assim. Super concordo em se permitir a sentir tudo, seja a dor ou o amor. Sinta, não finja nada por ninguém e nem pra alguém. Apenas sinta.

Agora, acreditar que vivenciar por muito tempo essa dor como se a vida tivesse parado ali, naquele instante.

É tortura!

É cilada! Você é bem mais que isso!

Se eu recebo dor, devolvo amor. 
Isso nos torna mais forte e acreditar que a vida só tem a nos fazer crescer por nós mesmos, depende de você. Então comece de hoje, comece de agora. E seja você sempre, com dor ou sem dor. Não estacione o que você tem de melhor por nada muito menos por alguém. 

Tudo acontece por uma razão. 

Você também pode gostar de

0 comentários