Beijos de sábado à noite

by - sexta-feira, agosto 04, 2017


Tocava Nando Reis de fundo, você tinha um lindo sorriso e tocou a minha bochecha. Seus lábios estavam próximos, o sorriso deu lugar a um misto de novas sensações e um olhar lindo que refletia todas as coisas lindas que você tem por dentro. 

Os lábios se encostaram, suas mão foram para na mina cintura e me trouxesse pra mais perto de ti. Seu coração pulsava na mesma sintonia o meu, sorrimos juntos no meio do beijo tantas vezes que perdi a conta. Queríamos aquilo desde quando nos conhecemos, mas ambos optamos por ficar no nosso próprio espaço. O beijo finalmente acaba, encostamos nossas testas, sorrimos e ficamos abraçados.

"Desculpe estou um pouco atrasado, mas espero que ainda dê tempo..."

beijos, abraços e pequenos laços.

O que era uma noite de sábado, se tornou um pequeno encontro de dois corações inseguros e desesperados um pelo outro. As batidas do meu coração se alinharam facilmente as notas do violão que estava a tocar, show acústicos, sempre os melhores. A simplicidade de alguém segurando seu violão em meio a tantas pessoas me ganha.

Fim de noite, dia amanhecendo nos olhamos e sorrimos.

Uma noite, pode ter sido coisa de uma noite. Aqueles olhos talvez me digam ao contrario, mas confesso que particularmente eu vou adorar descobrir.

Você também pode gostar de

0 comentários