Vestígios de você no meu sofá | Escritos

by - segunda-feira, julho 17, 2017

         Foto: custodial

Leia ouvindo: Se ela voltar - Silva

Ela tinha um coração quebrado e cheio de traumas, mas ainda sim mergulhou de cabeça naquela amor que tinha tudo para dar errado e deu. Da mesma forma que chegou triste e desnorteada, partiu. Porém dessa vez por minha culpa, nunca soube expressar bem o que sentia e ela cansou de sentir por dois, arrumou suas coisas e se foi.

Para longe de mim, do meu cachorro, meus lençóis e meu banheiro que ficava com o cheiro doce dela todas a manhãs e a noite com seus hidratantes de morango. Sinto falta do cheiro do seu creme de cabelo no meu travesseiro dos cabelos bagunçado todas as manhãs. Ah e dos abraços de urso que me dava quando sabia que estava triste. Grudava em mim como um imã e dizia que em um relacionamento as pessoas compartilhavam tudo e que talvez não estivesse pronto pra falar da minha dor, mas que ainda estaria ali na manhã seguinte e todos os dias dos quais precisasse dela.

A certeza que a amava nunca foi tão forte quanto naquele dia. Entretanto fechei-me pela dor e não consegui dizer o que sentia. Os meses a seguir foram repletos de brigas, noites dormidas no sofá e muita dor nas costas.

Até que um dia acordei e olhei para cama. Ela não estava mais lá, olhei no banheiro e nenhuma das suas maquiagens e cremes estavam espalhados o guarda-roupa estava organizado e vazio. Seu all star não estava no tapete da sala com a meias calça de costume. Então, soube que você tinha ido, a dor daquela partida me consome até hoje. Apesar de ter tentando seguir em frente com alguém seus vestígios ainda não foram embora.

Me pego olhando pro sofá e vendo você com sua pantufa de unicórnio e panela de brigadeiro reclamando de cólica. Chorando da sua interminável lista de comédias românticas no meu sofá, no nosso sofá. Você foi embora e esqueceu de me avisar ou pior de me levar.

Você também pode gostar de

0 comentários