Covers favoritos | Playlist

by - julho 31, 2017


Faz algum tempo que não falamos de música por aqui e por esse motivo resolvi fazer um post com meus covers favoritos e algumas músicas autorias desses artistas do youtube. Espero que gostem e curtam conhecer esses novos rostinhos e alguns nem tão novos assim.

  • Mesmo sem estar - Mari Nolasco e Gaby Luthai 

  • TIAGO IORC - Starboy (Cover The Weekend)
  • Wrecking Ball - Miley Cyrus (Manu Gavassi Cover)


  • Vitória e Carol Marcílio - Catâ-flor (autoral)


  • Poemas que colori - Mari Nolasco (autoral)


  • Lua Blanco - Perde Tudo (autoral)
 
  • What I've Been Looking For ft. Lucas Gabreel | Music Sessions |Ashley Tisdale

Caixa Postal | Escritos

by - julho 29, 2017

Dançando sob as estrelas esta noite sonhei que encontrava você. 

Tinhas um buquê em mãos, mas nem ousei perguntar porquê. Conversamos alegremente sobre a vida e nossas expectativas pra esse ano que tecnicamente tinha acabado de se iniciar. Contei sobre o livro e como tenho caminhado com as histórias novas, rimos, nos divertimos. Falamos até sobre o clima. Quente. Como sempre. Essa cidade não seria tão diferente se não fosse calorosa o suficiente para manter o calor dos seus amores efêmeros.

A noite estava prefeita parecia um sonho. O que de fato era, pois nossos caminhos não se cruzam há três longos anos. Acordei atordoada me perguntando se tudo aquilo tinha sido real. Podia sentir o cheiro amadeirado do seu perfume escapar pela ponta dos meus dedos, aquilo me assustou. O cheiro era de casa e ao mesmo tempo de passado.

Retornar aquela noite que nunca existiu graças a chuva que impediu de nos encontramos. E por um segundo naquela madrugada, permiti-me pensar onde anda você. O que tem feito da vida, se passou naquele concurso e se tornou quem tanto almejou por anos. Se ainda enrola o cabelo na ponta dos dedos. Será que suas bochechas ainda são tão coradas quanto posso me lembrar? Desperto do desvaneio quando o celular vibra em minha cama, saio da janela e o pego. Ao voltar a observar a cidade vejo que o céu está escuro e não tem uma estrela ao contrário do meu sonho que tinha inúmeras delas.

O celular vibra outra vez e é uma mensagem da operadora tenho um novo recado. Ligo para caixa postal e:

- Ah, oi, não sei se você ainda tem esse número. Mas já faz três anos e eu nunca tive oportunidade de dizer o que sentia e talvez nunca tenha. Éramos tão jovens, ainda somos, mas na época adolescentes confusos que não podiam ir ao encontro um do outro pela chuva. E fizemos aquela promessa estúpida de que se não conseguíssemos era pra seguir nossos caminhos sem olhar pra trás. Sexta o CD do seu cantor favorito foi lançado e te enxerguei em todas terminações românticas de cada canção, inclusive da mais triste. Esse tempo todo não segui em frente, me desculpe, quebrei a promessa. Agora estou em frente ao seu prédio e queria poder te observar na janela contando estrelas, mas é impossível nem tem estrelas hoje no céu.

Uma pausa é feita, escuto apenas a respiração de fundo.

- Se algum dia ouvir essa mensagem, me liga, faz um sinal de fumaça, desce e me encontra na varanda, sei lá, só aparece. 

Quais as chances de isso acontecer na vida mais de uma vez na vida? Bom, particularmente eu não faço ideia, mas desço as escadas de pijama e tudo atrás dele. O amor não pode me escapar duas vezes, me deseje sorte. 
   

O Acordo | Estante

by - julho 25, 2017
Nome: O acordo.
Autora: Elle Kenedy.
Páginas: 336 páginas (e-book)
Editora: Paralela.
Classificação: 

Sinopse: Hanna Wells acabou de se interessar por um cara depois de seu último relacionamento, mas embora esteja decida e extremamente autoconfiante em vários aspectos não é muito experiente em sexo ou jogos de sedução. Ela aceitar dar aulas particulares para Garret Graham apenas em troca de que ele a ajudasse com o cara em troca de um encontro falso. Tudo que o Graham quer é se tornar jogador profissional de hóquei, porém com suas notas decaindo isso vem se tornando difícil, pois não adiantar ser bom no jogo e ruim nas aulas. E ele está cada vez mas decidido a fazer suas notas aumentarem e importunar a garota por isso parece um boa ideia já que a mesma tirou a nota máxima. O que era para serem só aulas e um encontro de mentira acaba se tornando uma amizade. Até um beijo estragar e confundir tudo.

Hanna é uma garota inteligente e esforçada e está afim de um dos seus colegas de classe, porém não é nada experiente no campo da sedução. Após tirar a maior nota da classe vai ter que aturar um karma chamado Garret atrás de aulas particulares para melhorar sua nota e não perder a tão sonhada vaga no time da faculdade e chance de jogar profissionalmente quando acabar a Universidade.  

Após ceder as investidas dele as aulas começam a acontecer, mas ninguém esperava que uma amizade iria surgir no meio disso tudo. Eles acabam se dando muito bem e as coisas entre eles começam a fluir naturalmente e um beijo que pode estragar ou simplesmente mudar tudo. 




Minhas impressões:
É raro trazer resenhas de new adults por aqui, não é meu gênero favorito. Mas estou tentando sair da minha zona de conforto e até agora só tive surpresas positivas. Esse livro o primeiro da série Amores improváveis que por acaso li em menos de uma semana todos os livros. 

Gostei bastante da história e apesar da premissa óbvia o livro me surpreendeu bastante em vários pontos. Ela tocou num assunto muito importante que é abuso sexual nesse livro e fique extremamente feliz de não ter sido escrito de forma irresponsável, pois é bastante comum encontrar isso em algum livro escritos dessa forma.

Apesar de seus personagens term posições óbvias de comédia romântica americana, as atitudes tornam eles únicos e nem um pouco forçados. Dei risada em vários momentos os personagens são bem divertidos o que tornou a leitura bem gostosa e rápida. 

Devorei o livro em menos de dois dias e sem dúvidas recomendo pra quem quer algo divertido e que possui um carga emocional um pouco grande e talvez possa viver a ser gatilho para vítimas de abuso, então por favor tenham cuidado.

Citações favoritas:
E a lição mais importante que apendi é que não sou uma vítima, mas uma sobrevivente.

Algumas coisas são vergonhosas demais para admitir, mesmo para a melhor amiga.

Mas, na minha cabeça, as pessoas deveriam ser boas porque são, e não como uma jogada calculada da parte delas.

Às vezes as pessoas entram na sua vida e, de repente, você não sabe como foi capaz de viver sem elas antes.

A melhor maneira de esquecer uma lembrança ruim é substituí-lá por uma boa.

CCXP Tour Nodeste | Eventos

by - julho 21, 2017

No último final de semana, compareci a CCXP tour aqui em Recife. E foi de fato épico! Lojas incríveis, muita gente legal, cosplayers também. A super lotação do sábado já era esperada, pois os atores de Punho de ferro, 13 Reasons why e Sense 8 estavam lá. O domingo foi o dia mais tranquilo de todos.

Esse post está mega atrasado por motivos de as fotos do evento sumiram duas vezes do meu celular. Até comecei um vlog, mas minha câmera não liga mais e nem consegui encontrar outro carregador de bateria O evento em si foi incrível, mas o que me incomodou profundamente pouquíssimas pessoas sabiam informar que horas iam começar os painéis, quase perdi o de Os 13 porquês por isso. A falta de de informação das pessoas que estavam trabalhando no evento foi o maior problema pra mim e Jubs do Lanterna Lunar e  a Tati do instagram @tatibooks sofremos já que estávamos juntas no evento, isso tudo aconteceu no sábado. 

O domingo último dia do evento foi o mais tranquilo e cheio de promoções malucas. Fiz apenas uma compra no evento que foi a minha mochila do star labs, não tinham muitas coisas diferentes o que me deixou bem decepcionada. Estava esperando ansiosamente por coisas que não encontramos com facilidade no Brasil, mas foi super estimado os produtos vendidos no evento a grande maioria se encontra com facilidade na internet. O público foi gigante, porém provavelmente as lojas não esperavam esse alcance tão grande que obteve em Recife. O que me deixa triste, pois o público nerd, geek ou como você preferir classificar aqui é imenso. Sem contar que conheci varias pessoas de outros estados que vieram até Recife para o evento e se apaixonaram pela cidade.

Algumas foto do evento:








Créditos da fotos para Jubs do Lanterna Lunar vulgo fotografa da minha vida.

Como todo evento teve suas falhas, mas em momento algum fiz disso um empecilho para me divertir com os meus amigos lá dentro. Foi um oportunidade muito boa que espero que possa se repetir e ter CCXP TOUR aqui todo ano, seria meu sonho? seria sim. 

Vestígios de você no meu sofá | Escritos

by - julho 17, 2017
         Foto: custodial

Leia ouvindo: Se ela voltar - Silva

Ela tinha um coração quebrado e cheio de traumas, mas ainda sim mergulhou de cabeça naquela amor que tinha tudo para dar errado e deu. Da mesma forma que chegou triste e desnorteada, partiu. Porém dessa vez por minha culpa, nunca soube expressar bem o que sentia e ela cansou de sentir por dois, arrumou suas coisas e se foi.

Para longe de mim, do meu cachorro, meus lençóis e meu banheiro que ficava com o cheiro doce dela todas a manhãs e a noite com seus hidratantes de morango. Sinto falta do cheiro do seu creme de cabelo no meu travesseiro dos cabelos bagunçado todas as manhãs. Ah e dos abraços de urso que me dava quando sabia que estava triste. Grudava em mim como um imã e dizia que em um relacionamento as pessoas compartilhavam tudo e que talvez não estivesse pronto pra falar da minha dor, mas que ainda estaria ali na manhã seguinte e todos os dias dos quais precisasse dela.

A certeza que a amava nunca foi tão forte quanto naquele dia. Entretanto fechei-me pela dor e não consegui dizer o que sentia. Os meses a seguir foram repletos de brigas, noites dormidas no sofá e muita dor nas costas.

Até que um dia acordei e olhei para cama. Ela não estava mais lá, olhei no banheiro e nenhuma das suas maquiagens e cremes estavam espalhados o guarda-roupa estava organizado e vazio. Seu all star não estava no tapete da sala com a meias calça de costume. Então, soube que você tinha ido, a dor daquela partida me consome até hoje. Apesar de ter tentando seguir em frente com alguém seus vestígios ainda não foram embora.

Me pego olhando pro sofá e vendo você com sua pantufa de unicórnio e panela de brigadeiro reclamando de cólica. Chorando da sua interminável lista de comédias românticas no meu sofá, no nosso sofá. Você foi embora e esqueceu de me avisar ou pior de me levar.

The fosters | Viciada em séries

by - julho 11, 2017
Na pesquisa para escrever o livro, me deparei com essa série que já tinha sido indicada por alguns conhecidos, mas não tinha sido iniciada. O tema central é adoção e como esse sistema funciona, o que rendeu-me boas ideias para a história.

The fosters é uma série que arranha a realidade do sistema americano de adoção, pelo pouco que li sobre fazendo pesquisa sobre o assunto deu pra reparar que é uma clara crítica a esse sistema. Além disso fala sobre os novos arranjos familiares, as personagens principais são duas mães que moram junto com seus filhos Brandon, Mariana e Jesus. 

Brandon é filho de Stef no seu casamento com Mike. Mariana e Jesus são gêmeos que formam adotados pelo casal. E após conhecer Callie uma adolescente que tem tido um vida complicada com seu irmão mais novo no sistema de adoção. Lena resolve acolher garota na sua casa, enquanto a presença dela incomoda alguns, ela parece mais preocupada em resgatar Jude seu irmão mais novo.

A série atualmente está na quinta temporada e seu primeiro episódio estréia hoje 11/07. Sem dúvida se tornou minha série favorita da atualidade e me rendeu várias ideias para o livro. fala sobre adoção é algo que realmente mexe bastante comigo e algumas cenas me pego chorando pelas coisas mais simples que acontecem ao decorrer da série.
As três primeiras temporadas estão disponíveis na netflix pra quem se interessar em conferir.

Juacas: a nova série da Disney | Viciada em séries

by - julho 03, 2017
Fotos: Diney Channel.

Foi uma experiência incrível ter sido chamada pela Disney para assistir aos episódios e escrever uma matéria no blog. O ambiente é acolhedor, cheio de decorações temáticas de forma que é impossível não se imaginar dentro do universo do criador do Mickey. Me apaixonei por cada detalhe do local e deu vontade de levar tudo para casa. Eu e mais alguns blogueiros fomos a uma sala que parecia um mini-cinema assistir a série brasileira Juacas que vai estrear em julho no canal Disney Channel.


Juacas é sobre um campeonato de surfe em Itacaré que traz grandes equipes. O protagonista Rafa finge para seu pai que está estudando em Londres, mas vai para a Bahia competir porque é seu sonho desde pequeno. Ele consegue arrumar um time e concorre com os outros dezenove grupos. A série foca na equipe deles (Juacas), Red Sharks que é a mais famosa e Sirenas, único grupo de meninas. Ao longo dos episódios traz um mistério sobre o antigo grupo Juacas e como um dos integrantes desapareceu.

É uma série para pré-adolescente, quem cresceu assistindo Disney Channel pode ter certeza que é no mesmo nível. A fotografia é linda, as músicas combinam com o ambiente de praia. Não tem como não sentir saudades do verão enquanto assiste os episódios. O enredo é muito bom, uma série de 25 minutos cada episódio e você perde a hora assistindo de tanto que cativa.























O público irá sentir falta de representatividade étnica e de gênero, maior parte dos personagens é branco e tem apenas um grupo de mulheres que participa do campeonato. A indústria audiovisual precisa melhorar muito porque os protagonistas brancos continuam com uma porcentagem alta. Normalmente, os personagens negros são amigos do protagonista ou um integrante do outro time que não aparece muito (como na série). E nem teve atriz negra coadjuvante na série, apenas figurantes. Eram três mulheres no meio de vinte equipes, ou seja, no meio de cinquenta e sete homens.

A série tem uma proposta ótima em relação ao roteiro com comédia e aventura, porém continua na mesmice de personagens clichês da indústria. Se você quiser conhecer um pouquinho, aqui o trailer:

Para dizer adeus aos que se tornaram estrelas | Escritos

by - julho 02, 2017
foto: tumblr
Leia ouvindo: Coldplay - Yellow 

As estrelas parecem sorrir está noite. Ganharam um novo companheiro. Forte, amado e de coração enorme. Sua partida foi dolorosa, mas sua chegada às estrelas será proveitosa. O céu está nublado e não posso contemplar sua presença, mas diante mão meu coração chora com sua ausência.

A saudade que irei carregar ao longo dos anos jamais vai suprir a sua ausência, mas terei paciência. Um dia, ficarei aí ao seu lado e juntos poderemos relembrar do passado. Saudade é de fato o preço que se paga por amar demais. Toda dor sentida agora, jamais poderá ser posta em palavras, não queria que tivesse partido, porém infelizmente foi necessário.

A vida é rara e pode passar pelos seus olhos quando menos esperar. Aproveite sua vida de estrela, olha por mim aí do céu. Vou seguir meu caminho, realizar meus sonhos e guardar sua presença no meu coração e em todo final de ano quando a família se reunir e cantarmos aquela canção


O amor deixado um dia irá sobressair a sua falta. Meu coração está dolorido, mas nada que uma abraço em família e ombros amigos não não possam me ajudar. O céu agora vai ser meu lugar favorito. Uma pena que não poderei te alcançar aí.

...look at the stars and all the things that you do.