Mulheres na literatura | Escritos

by - quarta-feira, março 08, 2017

No final do século XIX, início do século XX, mulheres foram queimadas numa fábrica por reivindicarem melhores condições de trabalho. Elas trabalhavam 16 horas e recebiam metade do que os homens que trabalhavam no mesmo local e tinham carga horária de 8 horas. Após protestos por melhores condições de trabalho as mesmas foram queimadas nesta fábrica nos Estados Unidos. O dia mulher tem como objetivo de reflexão e não uma data comercial. Várias mulheres tiverem que morrer dentro daquela fábrica que nós pudéssemos votar, estudar, trabalhar fora de casa. 

Nesse dia da mulher escolhi uma representante que mesmo com o contexto da época em que estava inserida, pensou fora da caixinha, saiu da visão patriarcalista e machista em que somos inseridos e educados. 

       Foto: Cheirando Livros.
Virginia Woolf com seu livro Um teto todo seu, questiona sobre impedimento da mulher na literatura de escrever o que quer fosse da forma desejada. Como exercer uma literatura de fato, se nem as coisas básicas necessárias lhes era negado? Não podiam possuir uma renda própria que não fosse de sua família ou marido. Não apenas a questão material, mas a liberdade de pensamento que elas não tinham naquela época (século xx). Mulheres eram criadas para pensar de uma forma e não poderiam sequer questionar. Uma abordagem direta e crítica aos costumes e ensinamentos da época.  
"Quanta genialidade, quanta integridade devem ter sido necessárias diante de toda aquela crítica, em meio aquela sociedade puramente patriarcal, para se apegarem às coisas como as enxergavam sem se encolher. Somente Jane Austen e Emily Bronte fizeram isso. É outra pérola refinada, talvez a mais refinadas, em suas tiaras."
"Suponham, por exemplo, que os homens fossem retratados somente como os amantes das mulheres, e nunca fossem amigos de homens, ou soldados, pensadores, sonhadores; poucos personagens das peças de Shakespeare poderiam ser a eles atribuídos, como a literatura sofreria!"      

Trechos do livro Um teto todo seu.

Você também pode gostar de

0 comentários