Estante: A seleção.

by - domingo, junho 19, 2016

A resenha de hoje, vamos conhecer um pouco sobre o primeiro livro da série A seleção, espero que gostem e opinem nos comentários falando o que acham da série.



Nome: A seleção.
Autora: Kiera Cass.
Editora: Seguinte.
Páginas: 363 páginas.
Classificação: 
Onde encontrar: Amazon | Cultura | Saraiva | Submarino


Nunca precisei de muito para ser feliz. Pensei que você soubesse disso.


Sinopse: Numa sociedade dividida em castas, América Singer uma cinco e está prestes a participar da Seleção. A seleção tem o intuito de achar uma companheira para o principie de llléa, Maxon. Ela não tinha intenção de participar, apenas se inscreveu só para agradar a mãe. Porém, quando seu nome é divulgado na lista de selecionadas tudo está prestes a mudar.



O livro começa com a apresentação de América e sua família. Eles são 5, ou seja, trabalham com música e arte. llléa, onde eles vivem é dividida em castas, cada casta tem suas qualificações e profissões em que seus membros podem seguir. A personagem mantem um relacionamento secreto, tudo que ela menos queria era participar da seleção. Na verdade seu maior desejo é construir uma vida com seu amado, mas talvez isso não seja possível.


Adorei a América de cara, não é um personagem forçado, tem um humor excepcional, além de ser extremamente sincera. A ideia em si da história é extramente criativa, gostei demais. Histórias que fogem do convencional, criticam a sociedade e criam novos parâmetros para determinados assuntos, possivelmente serão incluídas na minha lista de leituras desse ano.

Logo no início podemos conhecer um pouco da família Singer. Apesar de não serem ricos, eles tentam viver como dá, todos trabalham com música e ajudam nas despesas da casa. A mãe dela pareceu irritar alguns leitores, com algumas atitudes no primeiro livro, li um pouco sobre isso em poucas resenhas no passado assim que a série foi lançada. Confesso que isso foi algo que não me incomodou nem pouco, apesar de todas as suas atitudes, ela presava pelo melhor para a família, como toda e qualquer mãe.

Falando do Aspen e do Maxon, sei que é o que mais querem saber. Gostei dos dois personagens, adorei o Aspen logo de cara, porém o Maxon ganhou meu coração não nego que me peguei suspirando por ele na maior parte do livro. 


De início percebemos a grande relutância dela no  Palácio ter sido sorteada parece um martírio. Porém ela decide aproveitar sua estadia e a comida, fica feliz ao saber que seus pais podem viver melhor com o dinheiro que recebem graças ao projeto. Ela cria uma série preconceitos com o Principie, entretanto após conhecer o bom, educado e bondoso Maxon suas opiniões podem mudar e uma aliança que parecia quase impossível pra ela esteja prestes a se formar. 


Gostei bastante do primeiro Livro, mas não ao ponto de dar cinco estrelas, para o começo de uma série foi ótimo. Introdutório na medida certa, explicativo e com uma narrativa bem fluída e nada repetitiva. com certeza se tornou uma das minhas séries queridinhas. 


Citações favoritas:



- Maxon, espero que encontre uma pessoa sem a qual não possa viver. Espero muito. E desejo que nunca precise saber como é tentar viver sem ela.
Agora, por favor, não duvide por um segundo de sua importância para mim.
Mas tanto o príncipe como eu entendiamos que seria tolice entregar o coração a mim quando nem eu mesma não sabia por onde andava o meu.


Já leram A seleção ou sentem vontade? Me contem nos comentários!

Você também pode gostar de

0 comentários