Destaques

Receba nosso conteúdo por e-mail ♥

terça-feira, maio 31, 2016

Escritos: Pare de procurar o errado.


Leia ouvindo: Amado - Vanessa da Mata

Está tocando Amado da Vanessa da Mata atrás eu me pego pensado que se fosse no ano passado e eu já estaria coberta de lágrimas. Engraçado né? Te superar não foi fácil foram seis longos meses de solidão e isolamento, evitei até alguns amigos por me lembrarem você.

Me peguei várias vezes perguntando o que tinha feito de errado até que um dia eu finalmente aceitei que que errado era você não eu. Quem não tinha se curado de um coração partido tinha sido você, quem tinha se prendido a um ilusão era você. quem todos os dias desejava que eu fosse o seu amor do passado era você, não eu.

Caí de paraquedas numa história que não era minha, logo a desilusão foi só uma consequência. E ela trouxe várias amigas como a solidão, o medo e pior parte a ideia de que eu não poderia mais gostar de ninguém como antes. Estava enganada meses depois alguém me provou isso e que deixou os vestígios de um amor que se cruzou no tempo certo e ao mesmo tempo errado, mas ainda credito que tempo vai cruzar a gente de novo.

Enfim, espero que tu estejas bem que tenha encontrado um novo caminho. E que tenha parado de enxergar as pessoas erradas nas que pareciam certas. Teu maior defeito era esse, querer o que errado quando tu já tinha o certo guri.


quarta-feira, maio 25, 2016

Playlist: Músicas que não paro de ouvir.




Uma playlist legal com todos os gostos pra vocês conhecerem umas músicas novas, se quiserem comentar indicações tudo bem, gosto de conhecer bandas novas! ♥



1 - Sandy & Tiago Iorc - Me espera.



2 - Off the king - Se eu falo com as paredes.



3 - Zayn - Pillowtalk.



4 - Clarice Falcão - Banho de Piscina.


5 - Supercombo - Lentes.



6 - Djavan - Flor de lis.


7 - Johnny Glövez - In my way.


8- Anita part. Vitin - Cravo e canela.



9 - Clarice Falcão - Irônico.




10 - Ariana Grande - Dangerous woman

terça-feira, maio 24, 2016

Estante: Lola e o garoto da casa ao lado.



Nome: Lola e o garoto da casa ao lado.
Autora: Stephanie Perkins.
Editora: Novo Conceito.
Páginas: 288 páginas.

Classificação:

Onde Encontrar: Amazon | Cultura | Saraiva | Submarino 


Meus pais estão preocupados, mas têm me deixado me paz para que eu possa me curar. Como se fosse possível curar-se de um coração partido.

Sinopse: Lola é uma designer incrível, ela não acredita na moda. Acredita em trajes, quanto mais brilhante e divertido mais expressão a roupa tem. Sua vida aparentemente está muito bem, ela namora o Max e sua vida segue normalmente até os gêmeos Bell voltarem ao seu bairro. Quando Cricket finalmente sai da sombra da sua irmã gêmea, Lola se questiona se seus sentimentos pelo garoto da casa o lado ainda existem.  

O livro começa com a Lola pedindo três desejos que são: Participar do baile de inverno, a aprovação de seus pais com seu namorado e nunca mais em hipótese alguma ver os gêmeos  Bell outra vez.

Lola é completamente fora do comum das personagens que você está acostumada a encontrar nos livros. Cheia de personalidade, ela mesma monta seus trajes e os produz a cada dia de uma maneira diferente, perucas, saltos plataformas e maquiagens bem diferentes. Ela namora o Max um roqueiro, não tem a aprovação de seus pais que acreditam que ele seja muito velho para garota.



A vida dela estava perfeitamente bem, até os gêmeos Bell retornarem ao seu bairro. Aparentemente tudo está bem após a volta dos mesmos, porém a garota fica divida entre o que sente pelo gêmeo Bell e o que sente pelo seu namorado. Problemas familiares, aceitação e um relacionamento mal resolvido. Confesso que no começo da leitura demorei um pouco pra pegar o ritmo da leitura, deixei um pouco de lado uns meses, porém quando votei terminei o livro em menos de dois dias. 


A vida não é sobre o que você recebe, é sobre o que você faz com aquilo que você recebe.

O livro se desenrola basicamente na Lola perdida entre os dois garotos, nos problemas relacionados a sua família, na dos gêmeos e a personagem se descobrindo. Eu adorei os pais dela, são personagens muito legais e diferentes é a primeira vez que encontro um casal LGBT num livro e eu fiquei muito feliz, é bom saber que tem pessoas que investem nisso e me deixa mega feliz ter todas as formas de amor representadas até nos livros. 


Já leram Lola e o garoto da casa o lado? Me contem os comentários.

sexta-feira, maio 20, 2016

Viciada em séries: My mad fat diary.


Essa é sem dúvida alguma aquela série que entra pra listinha de "séries favoritas da vida", quando eu descobri essa série nem esperava tanto dela assim, mas em três temporadas ela conseguiu me ganhar completamente, além de ter me feito chorar rios no final. (me apaguei aos personagens)


My mad fat diary conta a história Rae que com apenas 16 anos tentou tentou suicídio e foi internada num  hospital psiquiátrico há 4 meses. No episódio piloto a personagem está saindo do hospital e acaba reencontrando sua amiga a Chloe que acredita que ela fez uma viagem para França, não sabe pelo que passou nos últimos meses na clínica e de seus problemas com sua imagem e saúde mental. Ela lhe apresenta seu amigos Izzy, Archie, Chop e Finn. Após isso a história irá se desenrolar, um drama adolescente repleto de surpresas.

Estreou em 2013 pelo canal E4. A série infelizmente só tem três temporadas, ainda não foi lançada no Brasil então vocês só encontram pra assistir online. Eu assistia no Mega filmes na época a série acabou oficialmente no ano passado, indiquei pra vários amigos e eles amaram. Existe também um livro, porém ainda não foi traduzido.


Retrata vários dramas adolescente como: Insegurança com o próprio corpo, tentativas de suicídio, não aceitação de si mesmo e etc. São temas muito fortes e quem acontecem com muita frequência não só na adolescência, com tantos padrões sociais e excesso de informação, são aceitáveis todos estes transtornos, esse tipo de série pode servir de válvula para que o seu expectador procure ajuda e encarre seus problemas Podem parecer inúteis, entretanto as pessoas procuram refúgio nas coisas mais inusitadas.

Deixando de lado minha reflexão pessoal sobre o assunto, a trilha sonora também é incrível recheada de Oasis e outras banda antigas. Adoro quando buscam referência antigas da música e eu descubro novas bandas me apaixono e não paro de ouvir, depois faço uma playlist com algumas músicas da série, caso queiram, é só comentar.

Já assistiram My mad fat diary? Me contem no comentários

terça-feira, maio 17, 2016

Escritos: Felicidade e obrigação não andam juntas.







Obrigada pelo frio na barriga, as noites sem dormir e pela criatividade maluca. Pela ideias pra personagens e pros diálogos mais engraçados e esquisitos. Escrevo hoje sem saudade, nem vazio, só eu. E cara como é bom voltar a tudo de antes, sem amores, sem dores, só eu e meus livros de amorzinho sexta a noite.

A noite está fria, mas meu quarto está aconchegante, me enrolo nos travesseiros e lençóis, olho teto e penso em como a vida mudou. Uns meses atrás eu tava uma bagunça, na verdade eu sempre fui, porém tinha passado dos limites e agora está tudo estranhamente voltando pros eixos, algumas pessoas tão partindo assim como você, deixando tudo mais leve e menos bagunçando.

Algumas partidas me deixaram triste, mas tu me conheces não sou de pedir ninguém pra ficar. Cada um segue o seu caminho como prefere e se resolver partir, não espere que eu esteja aqui quando voltar. Ninguém é feliz quando é obrigado a ficar. 

Felicidade não tem nada a ver com obrigação e sim espontaneidade é só olhar para trás e lembrar dos momentos felizes da sua vida perceber que todos foram melhores quando são inesperados e espontâneos. Felicidade não tem data marcada pra chegar e muito menos pra ficar, por isso deixe a vida te levar como diz a música e não insista pra ninguém ficar no mesmo lugar.

segunda-feira, maio 16, 2016

Estante: O garoto ao lado.


Nome: O garoto ao lado.
Autora: Laritza Oliveira.
Editora: Novo século.
Classificação: 
Páginas: 158 páginas.
Onde Encontrar: Amazon | Cultura | Saraiva | Submarino


Sinopse: Alice acaba de mudar-se após a separação de seus pais. Numa cidade nova, numa turma nova e sozinha em seu último ano do ensino médio. Ela se sente muito sozinha, mesmo tendo uma parte da família no seu novo lar, seus únicos companheiros são seus livros e seus escritos. Até que um dia ela passa notar um garoto na turma e ele bagunça um pouco das coisas pra garota que até então se encontrava fechada para relacionamentos, se vê entrando conflito esse interesse repentino no garoto.

"Ele, como um leão
roubou meu coração."

O livro narra a história de Alice uma garota que está passando um drama familiar, os pais acabaram de se separar e ele se mudou para uma nova cidade 
para morar sozinha e conta apenas com o apoio dos tios. É uma fase bem difícil pra garota e devido a essa drama a personagem se fecha para os relacionamentos, focando apenas nos estudos, seus livros e em escrever. Ela escreve muito bem, ao longo da história vários trechos de seus escritos são
citados. 

No meio disso tudo ela começa reparar no Nicholas um garoto da sua sala que aparentemente nunca havia prestado atenção. O interesse parece mutuo, mas os dois são bem diferente e complicam um pouco essa demonstração de interesse e aproximação dos dois. O Nicholas é um cara interessante, é músico, curte ler, um pouco mais reservado. Típico carinha de romance adolescente que se passa no ensino médio que costuma fazer garotas suspirarem.  

Alice é uma personagem muito dramática e inevitável não comprar os dramas vividos por ela com os mesmo pelo que passei no ensino médio. Era engraçado ler o livro e relembrar os momentos de colégio, me identifiquei profundamente com a personagem principalmente na descrição na parte de trás do livro. "Seus únicos companheiros são seus livros e seus escritos" inevitável não lembrar de mim e do começo do blog e do meu antigo blog.

Você usa poesia e eu a rima das canções.

Retirando as questões pessoais, achei uma leitura leve, recomendada sem dúvida pro público infanto juvenil e que curte essa pegada de romances adolescentes. Me lembrou muito aquelas web novelas que existiam na época do orkut sabe? é bem antigo (eu sei), mas antes dos livros físicos eu passava horas na frente do computador lendo essas histórias, tinha muita gente bacana e que escrevia muito bem e sem dúvida algumas seriam uma grande aposta para editoras aquela época. Pode-se dizer que essas web novelas são o novo wattpad e muitos migraram pro aplicativo com o fim do orkut.  

O livro acaba com um final esperado por mim, não fiquei surpresa, entretanto mesmo assim gostei do rumo que as coisas tomaram e a sequência já foi confirmada pela autora, inclusive ela já terminou de escrever e está aguardando a resposta da editora para saber vai ser publicado. 

Ele segurou-me com todo cuidado, como se nossas rachaduras pudessem colidir e como se pudéssemos quebrar. 

Já leram O garoto da casa ao lado? Me contem nos comentários.

quinta-feira, maio 12, 2016

Lançamentos: Os livros que eu estou mas ansiosa pra ler #01

Oi pessoal, tudo bem? Desculpem o sumiço repentino, mas foi por uma boa causa (estudar) espero que entendam o blog e o canal voltam a programação normal a partir de hoje e vou começar com uma listinha dos livros que eu mais quero esse ano!


Karol Pinheiro e as coisas mais legais do mundo: yay! 100 textos inéditos da Karol Pinheiro, amo ela muito. Graças a ela eu consegui decidir minha profissão e tomar um rumo na vida, me dediquei mais ao e blog e conheci metade dos meu amigos da internet. 

The kiss of deception: Morrighan é um reino imerso em tradições, histórias e deveres, e a Primeira Filha da Casa Real, uma garota de 17 anos chamada Lia, decidiu fugir de um casamento arranjado que supostamente selaria a paz entre dois reinos através de uma aliança política. O jovem príncipe escolhido se vê então obrigado a atravessar o continente para encontrá-la a qualquer custo. Mas essa se torna também a missão de um temido assassino. Quem a encontrará primeiro? 

Raio de sol: Nascida numa família-problema, com direito a mortes e abandono, a garota de dezenove anos sempre buscou fazer a diferença. Em vez de passar os dias lamentando os infortúnios da vida, como tantos fariam em seu lugar, sempre vê as coisas pelo lado positivo não é por outro motivo que Gus, seu melhor amigo, a chama de Raio de Sol.

Só a gente sabe o que sente: Em seu terceiro livro, Frederico Elboni propõe ao leitor explorar seus sentimentos mais profundos, falando sobre temas que muitas pessoas não entenderiam. Saudade de pessoas que já se foram, amores perdidos, dilemas da vida adulta, todos esses temas viram crônicas nas mãos do jovem autor de 'Um sorriso ou dois' e 'Meu universo particular'.

Azeitona: Ian e Emília não trocaram mais que duas palavras desde que começaram a estudar juntos, mas é o nome dela que vem à mente dele quando precisa de uma parceira para um plano mirabolante: participar de um reality show sobre casais adolescentes que vão ser pais. Isso em troca de um cachê capaz de resolver todos os seus problemas.


O amor nos tempos de #likes: Os tempos mudaram, mas e o amor? Continua a dar aquele frio na barriga e fazer os jovens atravessarem quilômetros para viver uma paixão? Em "O Amor nos Tempos de #Likes", quatro booktubers se inspiram em três histórias da literatura para criar suas versões de contos românticos na era digital. Uma bela, jovem e famosa youtuber com medo do amor; um casal inesperado em um encontro às escuras (literalmente) e dois meninos apaixonados por livros tentando entender quem são e o que querem são os protagonistas destes contos que evocam "Orgulho e Preconceito" (Pam Gonçalves), "Dom Casmurro" (Bel Rodrigues) e "Romeu e Julieta" (Pedrugo).


Essa é só a primeira edição do post estou pensando em fazer sempre, o que acham? Me contem seus livros desejados no comentários!    

quarta-feira, maio 11, 2016

Escritos: Meu eu geminiano

 


 
Queria morrer e todas as coisas que vivo passando sumiria e mesmo assim não seria fácil, então vou ficar por aqui. Quero rir de minha desgraça mas nada me faz rir, a não ser ontem com o vídeo do Whindersson Nunes, depois o LubaTV e mais cedo com o carinha da minha empresa e com minha irmã, quase nesse instante.

    Se o meu dia foi bom? Que pergunta! Foi péssimo. Mas teve aquela parte boa. Sério mesmo. Não estou bem porque o dia começou frio e eu queria sair cantando Frozen mas as pessoas não me entendem e me jugam. Agora só quero ficar deitado na cama sem fazer nada com vontade de comer, mas comer vai me fazer assistir um filme e eu estou querendo atualizar as músicas do meu celular só que não vou fazer isso por já estou na frente do pc na página do YouTube mas cansei e vou escutar música antes que o chocolate fique pronto e o sinal me diga que tenho que levantar, mas não adianta fingir que sou Taurino se já estava dançando e quase nunca tenho preguiça. (RESPIRA, RESPIRA, RESPIRA)



 

    PI PI PI! Imito o "PI" com a boca para fazer valer a minha tese que tinha algo no fogo e que era gostoso mas fogo não apita e vou me fazer acreditar que era meu microondas e percebo que está tocando Work bem na hora que paro de me remexer e volto a dançar mesmo gostando mais da Miley Cyrus, e sim! Tudo isso é uma merda porque queria está escutando Selena Gomez na minha cama. Há... Doce cama, a Taylor Swift e eu tem muita história para contar. Passou tempo demais por lá. Melhor mesmo está no Netflix perdendo o meu tempo e juro que não vou ver Frozen, até porque já fechei a aba e estou indo ler.

    Pera! MEU NAMORADO! Tenho que dar atenção a ele, mas já não vou mais porque irei resolver minhas coisas do... do.. do que mesmo? Não posso mais porque acabou o tempo de ficar olhando pro teto e agora vou responder meus amigos no Facebook mesmo sendo imaginário porque ninguém falou comigo e agora falam porque falei e agora não quero falar porque são 1, 2, 3 aí! O dia está amanhecendo e tenho que trabalhar! Sem Frozen dessa vez, mesmo estando quente estou cantarolo. O dia se repete diferente e igual ao outro - não me descido. Agora, sem pensar, vou fluir como o ar... Leve sem ponto fixo, sem ser extinto por me mesmo. Me apegar sem apegar, só esbarrar e levar comigo tudo que posso sentir nesse inconstante eu. Eu sou o AR.

segunda-feira, maio 02, 2016

Escritos: Enquanto a chuva cai la fora.



Leia ouvindo: Yellow - Coldplay

Enquanto a chuva cai la fora, eu escrevo esse texto. É um dia meio frio, meio quente, você sabe Recife não tem clima definido. Prometi não te escrever, mas seria muito egoísta de minha parte não compartilhar tais palavras pelo meu medo do que vais achar delas. 

Escrever sempre foi algo intrínseco a mim, não posso simplesmente aceitar o bloqueio e jogar tudo pro alto. Tenho pedaços desse texto escrito em minha mente a meses, porém tenho adiado escrevê-ló talvez pra cultivar um pouco do que já foi embora e tentar manter as coisas boas. Porém chegou a hora do adeus, não como eu tenho dito nos outros e volto correndo pra ti. Dessa vez é pra não voltar e se voltar não vai existir o mesmo laço, afinal ele já virou nó. 

Queria não ir, contudo é necessário preciso perder-me de novo, mas dessa vez é diferente, eu preciso perder-me de você de todo sentimento mágoa e qualquer resquício bobo de amor onde não tem e eu enxergo, sempre quero acreditar no bom de tudo. Dessa vez eu preciso retirar tudo o que foi bom passar uma borracha no passado e seguir, só seguir sabe? Sem rumo, sem destino cair no abismo dos sentimentos que tenho evitado. Sorrir, chorar, cair, levantar e depois rir disso tudo. Me olhar no espelho poder sorrir e chorar se me der vontade, sem mascarar, nada só sentir.

As antigas máscaras que pus neles vão cair hoje, talvez você nem reconheça amanhã

domingo, maio 01, 2016

Manteiga de cinema: Como eu era antes de você.



Adivinhem quem ta chorando que nem louca? Saiu o trailer desse filme que eu tanto espero nem tava tão ansiosa assim, mas vocês sabem né depois que eu li o livro tudo mudou e vai ter resenha do livro no canal, aguardem.


Caso não tenham lido a resenha do livro, confiram aqui.

Preparem os lenços para esse trailer, ainda não estou sabendo lidar.



Depois desse trailer é impossível negar a empatia que atores tem. A escolha foi perfeita, eles combinam muito bem como casal além de serem dois amores e queridos pelo público graças a presença deles em outros grandes sucessos o Sam Clafin em Jogos vorazes e a Emilia Clarke na famosa série de tv Game of thornes. 


Olhem essa foto que linda dos dois juntos divulgando a capa do novo livro que amor. 

A intrínseca já divulgou a capa nacional também e eu mostrei lá no instagram do blog caso queiram conferir é @escritoselivros  












Estão ansiosos pro filme? Já leram o livro ou ainda vão ler? Me contem nos comentários! 

Instagram

© Escritos & Livros – Tema desenvolvido com por Iunique - Temas.in