Manteiga de cinema: A nova cinderela: Era uma vez uma canção.

by - sexta-feira, fevereiro 12, 2016


Eu particularmente adoro esses filmes de Cinderela versão adolescente

 (me sinto com 13 anos de novo), ao todo são três filmes nesse cenário e terão posts sobre os outros dois em breve aqui no blog.


O primeiro que vou falar aqui neste post, é o meu favorito das 3 versões. Todos eles tem um significado especial pra mim, pois os assisti numa época especifica da minha vida. Gosto muito de separar filmes e os momentos específicos em que os assisti e escrever sobre eles no meu caderninho e as vezes transformo um pouco da experiência em história (algumas vezes, mas costumo compartilhar elas com as outras pessoas).





Enfim, vamos conversar sobre o filme. Conta a história da Katie que vive com sua madrasta e seus dois irmãos, sua madrasta é diretora de uma escola onde o filho de um grande executivo da música vai estudar na escola, seu pai quer ele seja um grande executivo como ele, mas o Luke quer mesmo é fazer música. 



Em uma tentativa de fazer com sua música seja reconhecida, Katie põe uma demo na pasta do pai de Luke. O que ela não espera era que o produtor adorasse a sua música e a ligasse para assinar um contrato, mas para sua tristeza a sua madrasta que atende o telefone e diz que o demo ela mandou era de Bev e não dela. A partir daí começam os conflitos da história, não vou falar mais porque a ideia do post é aguçar a curiosidade de vocês e fazer com que assistam o filme e depois me contem nos comentários o que acharam.




 O filme é protagonizado pela Lucy Hale atriz de Prety little liars, além de ser uma das minhas atrizes favoritas ela é dona de uma voz incrível. No filme ela canta as músicas e uma das minhas favoritas é Possibilities. A trilha sonora do filme toda, é incrível. Porém essa música me tocou e sua letra me faz ter vontade de me escrever mil textos fofinhos sobre amor.


Então pessoal, espero que tenha gostado do post e que vocês assistam o filme e fiquem suspirando pelo Luke quanto quanto eu. Caso já tenha assistido o ficou interessado, me contem nos comentários!

Você também pode gostar de

0 comentários