Estante: Para onde ela foi, Gayle Forman.

by - quarta-feira, fevereiro 03, 2016

A resenha de hoje é a continuação do livro Se eu ficar, já resenhado aqui no blog. Se quiserem conferir, cliquem aqui.



Nome: Pra onde ela foi.
Autora: Gayle Forman.
Editora: Novo conceito.
Classificação: 

Onde encontrar: Amazon | Cultura | Saraiva | Submarino

Sinopse: Ela ficou e decidiu lutar pela sua vida, graças ao seu amor pelo Adam. Entretanto o destino pregou algumas peças e seguiram caminhos destintos. Três anos separados foi o bastante para que eles se consagrasse na música, porém algumas perguntas não foram respondidas. Um encontro doloroso, mas vai preencher muitas lacunas na vida dos dois. Em Pra onde ela foi  Adam e Mia irão reavaliar suas escolhas e finalmente seguir em frente.



Um dia pode ter apenas vinte e quatro horas, mas às vezes passar por um parece tão impossível quanto escalar o Everest.  

O livro começa com o Adam uma estrela da música agora contando um pouco de sua vida e de como ficou tudo. Ele namora uma super modelo e se tornou um cara um tanto diferente. A Mia se tornou uma estrela da música clássica, o livro é narrado com o passado e o presente. Nesse livro podemos conhecer um pouco mais do Adam, pois ele narra a história.     



Devido ao afastamento de Mia, ele transforma toda aquela dor em música e escreve um cd em uma noite e faz a banda bomba e ficar no topo das paradas de sucesso. Após três anos afastados, eles acabam se encontrando em Nova York onde a história começa a se desenrolar.


Vocês costumavam ser inseparáveis e agora nem vivem mais no mesmo estado.

É uma leitura complicada, eu desisti do livro várias vezes, por falta de interesse da minha parte. Senti estar sendo enrolada no começo e só terminei para cumprir o desafio da maratona. Não consigo me familiarizar com a escrita da autora, a Mia personagem principal não me fez ter nenhum tipo de empatia positiva. Me desculpem os fãs, sei o quão chato é ouvir isso. O Adam recebeu um pouco mais de atenção nesse livro, eu gosto do seu personagem, mas a Mia não me agrada.




Realmente fiquei surpresa com final, Do meio para o fim do livro ganhei um pouco mais de empatia pela história. As narrações do Adam se tornam menos entediantes e passam a ser dolorosas e verdadeiras. 


 Toda a minha irritação se derreteu.- Sua boboca - eu falei, beijando-a na testa. - Você não me divide. Você me tem.

Uma pergunta que me fizeram quando postei sobre o livro, se era necessário comprar. Se você quiser saber como acaba a história e como ficou a vida dos personagens sim, se não, não vale e pena.

Já leram Para onde ela foi? Me contem nos comentários.

Você também pode gostar de

0 comentários