Escritos: O meu adeus.

by - sexta-feira, fevereiro 26, 2016




Tava arrumando hoje a estante e lembrei de você, não sei se foi porque eu estava com o livro da sua saga favorita na mão ou se porque achei dentro dele o ingresso de cinema de quando a gente saiu pela última vez. Ponho o livro de volta na estante e penso: "Ta na hora de seguir em frente." 

Por mais doloroso que seja temos que aceitar que ás vezes algumas pessoas ficam no caminho e não temos como voltar para busca-las quem sabe num futuro distante os caminhos de vocês se cruzem de novo, mas diante das circunstâncias, ás vezes é necessário seguir. Não é preciso apagar tudo e fingir que nada aconteceu, porém alguns sofrimentos não precisam perdurar tanto e talvez esse tenha se sustentado por tempo demais.

Não queria jogar o que fomos fora ou deixar de lado, mas  talvez seja hora de abrir mão de continuar escrevendo essa história e deixar um pouco desse roteiro maluco de lado e começar um novo e abrir espaço para novos personagens, um enredo menos dramático e um cenário mais real.

Não se pode viver de passado pra sempre e chegou a hora de seguir em frente. Provavelmente você nunca lerá isso e eu nem faço questão. Esse é o meu adeus, cansei de sofrer por você, meu bem.

Adeus você, eu hoje vou pro lado de lá... Eu hoje vou pro lado de lá, Eu tô levando tudo de mim que é pra não ter razão pra chorar. 

Você também pode gostar de

0 comentários