Escritos: Ressaca de saudade.

Leia ouvindo: Zimbra - Já sei.

Acordei hoje as seis,
desejando ter você de vez. 
Dai lembrei que hoje é fim do mês,
E que você se foi e o nosso laço de desfez.

Ressacada de saudade,
Eu te escrevia pequenos versos.
Tentava descobrir como em tão pouco tempo,
roubou meu coração. 
Tarefa mal sucedida,
Pois nem eu mesma sei 
quando me enfiei nessa doce ilusão.

Chegou fez sala, fingiu que queria algo. 
E meu coração de mim arrancou,
fez um grande estardalhaço. 

Amuada com o coração dilacerado,
tentava entender aquele teus beijos e abraços. 
Que de longe pareciam tão reais,
fui tão tola ao pensar que eles eram saudosos.

Tu nunca daria ponto sem nó
E de mim você se desfez sem dó.

Instagram